NOTÍCIAS

18/08/2016

Estação da Cultura de Montenegro inaugura obras da terceira etapa de reestruturação

Projeto contou com investimento de R$ 698 mil da Braskem e contrapartida da prefeitura

A prefeitura municipal de Montenegro, em parceria com a EFICA (Entidade de Filantropia, Cultura e Arte) e a Braskem, inaugura neste domingo (21/08), a partir das 10h30min, as obras da terceira etapa de reestruturação da Estação da Cultura da cidade (rua Osvaldo Aranha, 2215). Para marcar a inauguração, haverá uma extensa programação cultural direcionada para a comunidade, com apresentações do Grupo Tholl, da Banda Municipal de Montenegro e realização de oficinas de música e teatro, que se estendem até às 17h do domingo. Haverá também distribuição de erva-mate e água quente para o chimarrão. O evento está confirmado, mesmo em caso de chuva.

As obras de revitalização da Estação resgatam um pouco da história e da cultura da sociedade montenegrina. O antigo prédio do Restaurante da Estação Férrea, local onde as obras estiveram centralizadas nesta terceira fase de reestruturação, passou por uma série de intervenções iniciadas em janeiro deste ano. Entre as principais, estão a troca de toda a estrutura interna do prédio, que antes era de madeira, por metal; revitalização da alvenaria das paredes, reforço nas fundações e remodelação dos sanitários. “A reforma manteve o aspecto original de toda a fachada da Estação, preservando a memória de um importante local para nossa cidade”, diz Clarice Biehl, presidente da EFICA.

Uma das principais novidades da obra é que a água utilizada nos banheiros e na manutenção do prédio passa a ser captada da chuva e armazenada em cisternas, que foram instaladas no subsolo. “O reaproveitamento da água torna a obra mais moderna e sustentável. Não haverá desperdício de água potável nas descargas e para limpeza externa, por exemplo”, afirma Udo Hass, engenheiro responsável pela execução das reformas.     

O novo espaço multiuso para realização de eventos passa a se chamar Espaço Cultural Braskem, em função da parceria fechada com a empresa, que apoiou todas as etapas da obra. O local terá 297,55 m² de área construída do prédio, e mais 130 m² de área construída de plataforma externa. “A revitalização da Estação é um passo importante para o fomento à cultura na cidade. Vai permitir a realização de diferentes eventos culturais, sociais e educativos de médio porte, como exposições, formaturas e ensaios musicais. A comunidade será a maior beneficiada”, diz Leonardo Appel, diretor do departamento de Cultura de Montenegro.

As obras da terceira fase de revitalização contaram com investimento de R$ 698 mil da Braskem através da Lei Pró-Cultura/RS e contrapartida da prefeitura. “A recuperação do espaço é a confirmação de que a união de esforços, a parceria entre o poder público e privado, e o trabalho em prol do coletivo dão bons resultados, porque todos ganham”, afirma João Ruy Freire, diretor de Relações Institucionais da Braskem.  


Voltar