NOTÍCIAS

12/04/2017

Braskem é destaque no Jornal Ibiá

A pedido da Braskem a Consultoria ERM fez um estudo que apontou que o RS entrará em estado de alerta em função do agravamento de ciclones

A pedido da Braskem a Consultoria ERM fez um estudo que apontou que o RS entrará em estado de alerta em função do agravamento de ciclones, tempestades extratropicais e inundações devido a chuvas intensas, aumento da incidência de raios e ondas de calor. Os resultados foram obtidos a partir da análise de dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e metodologia desenvolvida pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), de São Paulo.

Para entender melhor essa conjuntura e cooperar para que a sociedade se prepare e se adapte a esses novos contextos, o especialista de Desenvolvimento Sustentável da Braskem, Luiz Carlos Xavier, que participou da 2ª Virada Sustentável de Porto Alegre, conversou com o Jornal Ibiá.

No seminário A Virada Sustentável na Educação, ele detalhou o estudo e disse o porquê dos gaúchos não poderem mais dar as costas para as transformações que já estão em curso. Segundo ele, um estudo elaborado com suporte da Consultoria ERM focou os riscos climáticos com potencial impacto às operações da Braskem no Brasil, Estados Unidos, México e Alemanha, toda a população das regiões analisadas também está exposta a esses riscos. Por isso, os resultados são comunicados a clientes, fornecedores e estes públicos com os quais a empresa se relaciona. Os efeitos que estamos sentindo hoje, em parte, são um reflexo do passado e as emissões atuais vão gerar consequências no futuro.

É importante que a indústria e a sociedade discutam formas de reduzir as emissões de gás carbônico a partir de suas atividades e criem articulações para se prepararem ante esses riscos. Segundo Luiz, temos sistemas de monitoramento de riscos, mas não basta agirmos sozinhos pois se houver uma elevação do nível do mar em Alagoas, por exemplo, irá impactar no porto, depois em nossos clientes, na sociedade e, consequentemente, em nós.

Confira a entrevista completa na edição do Jornal Ibiá do dia 04/04/2017 no link: http://bit.ly/2o6slpl.


Voltar